Posso viajar sem falar inglês ou outro idioma?

Viagem Publicado em: 23/02/2017

 

Introdução motivacional: é claro que pode!

 

Sabemos que um segundo idioma é muito importante hoje em dia, não só para viajar, mas também para dar um up na carreira. Porém, mesmo que ainda não saiba falar outra língua, você não precisa deixar de conhecer o lugar dos seus sonhos!

Em alguns países, você vai conseguir se virar melhor do que em outros, é claro, como é o caso daqueles que tem o espanhol como idioma oficial. Sua dificuldade tende a ser menor, por causa da proximidade do idioma com o português. Então que tal começar por eles?

Em 2013, eu estudei um semestre de espanhol, pois no fim do ano eu faria um mochilão pelo Chile e Peru. Nunca fui muito fã de espanhol, mas até que consegui aprender umas frases e expressões para usar durante a viagem. A princípio, eu me esforçava bastante, mas depois que percebi que os locais me entendiam, mesmo quando eu falava um portunhol meia boca, deixei para lá e me entreguei na cara dura ao portunhol e aos gestos. Resultado: nunca mais vi espanhol na vida! Que vergonha, né? Mas foi assim! E esse exemplo foi só para mostrar que sim, a gente consegue se virar, mesmo sem falar o idioma local. Mas, para isso, você precisa abolir duas palavras do seu dicionário: medo e vergonha.

 

Dicas para se virar bem no exterior, mesmo sem falar o idioma:

 

1) Estude antes de viajar e anote o assencial

Você não precisa sair do Brasil fluente, mas aprenda pelo menos algumas frases de rotina. Cursinhos online ou apps de celular podem te ajudar bastante! E antes de viajar, anote palavras chave, como: water, thank you, please, airport, bus station, etc. Se possível, tenha um tradutor instalado no celular.

 

2) Comece pelos pontos turísticos mais fáceis

Vá primeiro aos lugares que recebem mais turistas. Estes lugares costumam estar sempre lotados e serem mais fáceis de encontrar. Assim você vai se acostumando ao local e não se sente tão lost!

 

3) Roteiros e endereços na bolsa

Importantíssimo! Mantenha seu roteiro e todos os endereços possíveis sempre com você, principalmente do lugar onde você estará hospedado.

 

4) Não tenha medo ou vergonha

Sabe na aula de inglês, quando a gente ainda não sabe nada e morre de vergonha de pagar mico? Não, aqui não há espaço para isso. Se esforce! Comunique-se do seu jeito, nem que seja com gestos. E lembre-se: quem tem boca vai a Roma!

 

Dicas anotadas? Agora vamos escolher seu destino! Esses são exemplos de lugares onde a comunicação, mesmo que só em português, é bem tranquila.

 

LISBOA (PORTUGAL)

Sugestão óbvia, né? Tudo bem que os portugueses falam tão rápido e com um sotaque tão forte para nós, brasileiros, que a gente pode até pensar que estão falando outra língua. Mas nada que o costume não resolva!

 

MOÇAMBIQUE, ANGOLA E CABO VERDE (ÁFRICA)

Países africanos que, assim como o Brasil, foram colonizados por portugueses. Ou seja, moleza! E, para quem não sabe, Cabo Verde é o Caribe africano. Joga esse nomezinho no Google Imagens e espera para ver!

 

MACAU (CHINA)

Sim, também se fala português em Macau! Motivo? A cidade, uma das mais ricas da China, foi colônia de Portugal no final dos anos 90.

 

MONTEVIDÉU (URUGUAI)

O país fica muito perto do sul do Brasil e, por isso, a comunicação com seus nativos é bem mais tranquila, se comparada com os outros países da América do Sul. 

 

TÓQUIO (JAPÃO)

Os japoneses são muito educados, simpáticos e dispostos a ajudar os turistas. No Japão, você não vai ficar na mão!

 

E aí, já escolheu? Boa aventura!

 

 


Comentários

Leia Também

Tatuagens para inspirar os apaixonados por viagem

Leia o artigo completo.


Gestos com significados diferentes em outros países

Leia o artigo completo.


Sites confiáveis para reservas de hostels

Leia o artigo completo.



Facebook

Instagram

Categorias